04/01/2019 14h55 - Atualizado em 14/01/2019 20h12

Mapa

Bolsonaro determina para o órgão funções que eram da Funai

São solicitadas vagas para diversas carreiras de níveis médio e superior.

O presidente Jair Bolsonaro definiu, logo após sua posse no cargo, em 1º de janeiro, a nova estrutura governamental e atribuições que os ministérios terão pelos próximos quatro anos. Entre elas, ficou definido que o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) será encarregado de funções até então pertencentes a Funai, Fundação Nacional do Índio.

A Medida Provisória que determinou a incumbência, assinada por Bolsonaro junto ao ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, define o mapa como responsável por "identificação, delimitação, demarcação e registros das terras tradicionalmente ocupadas por indígenas", além da "a titulação das terras ocupadas pelos remanescentes das comunidades dos quilombos".

É conferido ao Mapa, ainda, a responsabilidade da reforma agrária e regularização de demais terras rurais, indígenas e quilombolas. As atribuições devem levar o ministério a pressionar o governo por um aval a seu pedido de concurso, que já tramita desde maio de 2018, oferecendo 555 novas vagas.

São diversas as oportunidades, que estão distribuídas na carreira de auditor fiscal federal agropecuária, com especialidades de engenheiro agrônomo (100 vagas), zootecnista (10), químico (3) e farmacêutico (2); agente de atividades agropecuárias (200), agente de inspeção sanitária e industrial de produto de origem animal (100), economista (10), estatístico (10), analista técnico administrativo (80) e agente administrativo (40).

Em 2018, o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical) informou que o déficit na área de Fiscalização Animal chegava a 1.600 profissionais, com 900 outros funcionários apresentando condições de se aposentarem, o que agravaria a carência.

O déficit acabou sendo menor do que o esperado, e o Mapa registrou, ao término do ano, 625 aposentadorias, conforme dados do Painel Estatístico de Pessoal (PEP) do Governo. O ministério, no entanto, não deixou de frisar na época a necessidade de que o concurso para 55 vagas seja autorizado, viabilizando a solução para suprir o déficit de servidores.

O dia da inscrição será informado no site www.concursos.com.br.  Acesse o site diariamente para não perder o prazo da inscrição.

Prepare-se com antecedência para o dia da prova. Solicite nosso Curso de Português em DVD. Pague quando entregar por R$ 29,90. Será aceita a devolução em até 7 dias do recebimento.

Solicite seu DVD no formulário abaixo:

Nome Completo:
Cep:
Endereço:
N° da Residência:
Bairro:
Cidade:
Estado:
E-mail:

Correios

Correios

Nível Médio = R$ 2.885,37

O correios costuma abrir concurso de surpresa. Portanto, é preciso que os interessados já comecem a se preparar.

O último concurso ocorreu em 2011 trazendo vagas em diversas áreas.

O cargo de carteiro exige nível médio e tem salário inicial de R$ 2.885,37.

O Cargo de Atendente Comercial e Operador de Triagem e Transbordo tem salário de R$ 2.348,87 (Nível Médio).

As disciplinas cobradas no último concurso foram matemática, português e informática.

As inscrições para o concurso dos Correios ainda não foram abertas, mas até lá vamos atualizando todas as informações.

Prepare-se com antecedência para o dia da prova. Solicite nosso Curso de Português em DVD. Pague quando entregar por R$ 29,90. Será aceita a devolução em até 7 dias do recebimento.

Solicite seu DVD no formulário abaixo:

Nome Completo:
Cep:
Endereço:
N° da Residência:
Bairro:
Cidade:
Estado:
E-mail:
DDD + Celular:

CONTINUE LENDO...
Digite seu e-mail para continuar lendo esta notícia:
* E-mail:

Copie esta notícia e cole em seu site ou blog, citando a fonte:
https://www.concursos.com.br

Curso de Português - Online - Gratuito

© Copyright 2014 - 2019 Concursos.com.br